16 Famosos que morreram de modo trágico e não convencional

Os famosos nem sempre viram notícia somente em vida, sua morte, em muitos momentos, é algo que é tão amplamente discutido quanto a pessoa era ainda em vida. Os atores que faleceram enquanto ainda estavam participando de uma novela. Veja uma lista com 16 celebridades – ou grupos – que morreram de modo pouco convencional.

  • Whitney Houston. A cantora foi encontrada morta, em 2012, na banheira de um hotel, ao se afogar em decorrência de doença cardíaca e consumo de cocaína
  • David Carradine. O astro da série de TV Kung Fu faleceu em decorrência de uma asfixia durante a masturbação em 2009. A prática, chamada de asfixiofilia, tem o objetivo de reduzir o fluxo de oxigênio no cérebro para aumentar a intensidade do orgasmo. Dados apontam que cerca de mil pessoas morram dessa maneira por ano só nos EUA
  • A banda Mamonas Assassinas. Em 1996, o jatinho em que o grupo viajava colidiu na Serra da Cantareira causando a morte de todos seus membros. 20 anos após o acidente, a banda de rock cômico com hits como “Pelados em Santos” e “Robocop Gay” ainda é lembrada mesmo tendo acabado 7 meses após seu início
  • Brandon Lee, ator. Filho do astro de lutas marciais Bruce Lee, Brandon faleceu baleado, em 1993, nas gravações do filme “O Corvo” quando, em uma cena em que levaria um tiro falso, havia uma bala na arma.
  • Steve Irwin. Famoso por apresentar o programa “O Caçador de Crocodilos”, o australiano faleceu ao ser atingido no coração pelo ferrão de uma arraia enquanto gravava. Isso em 2006
  • Michael Hutchence, vocalista da banda australiana INXS. Morreu, em 1997, também em decorrência de asfixia erótica
  • Peg Entwistle. A atriz tentou sucesso nos EUA no século 20, porém só atingiu a fama após sua morte. A moça galesa faleceu após pular de cima da letra H do conhecido letreiro de Hollywood, com 14 metros de altura. Na época. as letras apontavam um condomínio que estava sendo criado no local chamado “Hollywoodland”
  • Grace Kelly. A atriz e princesa de Mônaco faleceu, em 1982, após seu carro se desgovernar e cair numa ribanceira causando um Acidente Vascular Cerebral (AVC)
  • Natalie Wood. Quando jovem, a mãe da atriz consultou uma cigana que afirmou que sua filha morreria afogada, o que causou um medo profundo nela. Coincidentemente, em 1981, ela veio a falecer ao cair de um barco onde passava o feriado de Ação de Graças.
  • Brittany Murphy
    Brittany Murphy

    Brittany Murphy. Famosa por seus papeis em “A Garota Interrompida” e “Patricinhas de Beverly Hills”, entre outros, a atriz faleceu em 2009. Primeiramente haviam achado que ela tinha sofrido uma overdose, porém, após alguns meses morando na mesma casa que ela, seu marido também foi encontrado morto o que aumentou as suspeitas de que eles teriam falecido por conta de mofo ou até envenenamento

  • Buddy Holly, Ritchie Valens, and Jiles “The Big Bopper” Richardson. O cantor do sucesso “La Bamba”, Ritchie faleceu em 1959 após o pequeno avião Beechcraft Bonanza em que ele e seus companheiros Buddy Holly, Big Bopper viajavam entrar em uma tempestade de neve cega e bater no milharal de Albet Juhl
  • Marvin Gaye. O músico, após ter problemas com sua gravadora voltou a morar com seus pais, discutindo constantemente com eles. Porém, em 1984, em uma dessas brigas seu pai lhe deu um tiro e ele veio a falecer
  • Tennessee Williams. O autor do sucesso “Um Bonde Chamado Desejo” faleceu após se engasgar com a tampinha de um frasco de colírio, em 1983. Seus reflexos estavam reduzidos pelo uso constante de álcool e drogas o que dificultou para ele se livrar da tampinha
  • Ramón Novarro. O ator, produtor e diretor de cinema mexicano radicado nos EUA, foi assassinado em 1968 por dois garotos de programa contratados por ele. Os bandidos asfixiaram Novarro com um vibrador que havia sido dado a ele 45 anos antes pelo astro Rodolpho Valentino
  • Isadora Duncan, bailarina. Ela morreu, em 1910, por enforcamento após seu cachecol ter ficado enroscado na roda do carro em que dirigia
  • Lupe Vélez. A atriz mexicana faleceu, em 1920, após se afogar na privada por estar com náuseas após ter tomado remédios na tentativa de se suicidar ao descobrir uma gravidez indesejada
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta