Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Taxista tenta agredir mulher com extintor de incêndio ao confundi-la com Uber

0

Uma mulher foi ameaçada com um extintor de incêndio por um taxista após ter sido confundida com uma motorista de Uber. O caso ocorreu no Rio de Janeiro, na segunda-feira (27).

Segundo o relato de Mariana Daixum, filha da vítima, o taxista havia batido na traseira do carro em que sua mãe estava. A colisão havia causado pouquíssimo dano ao para-choque do veículo, mas, segundo Mariana, o que fez com que o caso fosse parar na 19ª DP (Tijuca) foi a ameaça feita pelo taxista.

“O taxista, depois do incidente, a ameaçou com um extintor de incêndio. Ele foi para cima da minha mãe com o extintor na mão. Acredito que só não aconteceu o pior, porque um frentista do posto que tinha visto tudo, chamou a polícia”.

Mariana contou, em depoimento na delegacia, que o taxista afirmou pensar que a mulher fosse motorista do Uber. “Como se isso justificasse ele ter a ameaçado com um extintor de incêndio. Como se isso legitimasse o fato de ele ameaçar alguém”, desabafou.Casos de agressão aumentam

Os casos de agressão de taxistas a pessoas que fazem parte do Uber ou clientes que são usuários do sistema de transporte executivo tem aumentado. Ainda no início de junho, dois casos chocaram a população. Um ator e a namorada foram agredidos por um grupo de taxistas na área de desembarque da Rodoviária Novo Rio. De acordo com o artista, que preferiu não se identificar, a confusão começou quando um dos motoristas achou que a mulher estava esperando um carro do Uber.

Comentários
Carregando