• Homepage
  • >
  • Economia
  • >
  • A espanhola Repsol não participará do leilão da área petrolífera de Libra

A espanhola Repsol não participará do leilão da área petrolífera de Libra

A licitação da área gigante, no pré-sal da Bacia de Santos, oferecerá uma reserva estimada em 8 bilhões a 12 bilhões de barris de óleo recuperável. O campo de Libra é considerado a maior descoberta de petróleo já realizada no Brasil.

Inicialmente, 11 empresas se inscreveram para participar da disputa.

A Repsol havia estudado fazer ofertas por meio de sua subsidiária brasileira, que é uma joint venture com a chinesa Sinopec. A Repsol Sinopec Brasil já tem produção em área perto de Libra.

Chinesas lideram participação
Entre as onze empresas que se inscreveram para participar do leilão, três estatais chinesas estavam na disputa: Sinopec (em parceria com a espanhola Repsol), China National Petroleum Corporation e CNOOC.

Também participarão do leilão a malaia Petronas, a indiana ONGC, a japonesa Mitsui, a francesa Total, a Shell e a colombiana Ecopetrol, além da Petrobras.

Leilão será realizado nesta segunda
O primeiro leilão do pré-sal brasileiro está previsto para esta segunda-feira, às 15h, no Rio de Janeiro.

As críticas são vastas: vão dos petroleiros, em greve nacional desde quinta-feira (17), até ex-executivos da Petrobras. E, seguindo a tendência vista no país desde junho, movimentos sindicais e sociais têm promovido protestos contra o leilão.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

  • facebook
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília