Academia é autuada por propaganda gordofóbica no Mato Grosso do Sul

O Procon de Mato Grosso do Sul decidiu autuar uma academia de ginástica por conta de uma propaganda preconceituosa contra obesos. A placa, exposta em uma praça, em frente à Eficient Personal Trainer, tinha como slogan: “Cansado de ser feio e gordo? Seja só feio!”. “O anúncio é considerado publicidade discriminatória e afronta as normas consumeristas”, afirmou o superintendente do órgão, Marcelo Salomão, ao citar que o Código de Defesa do Consumidor proíbe publicidade discriminatória de qualquer natureza.

Segundo informações do portal Campo Grande News, o empresário Joni Guimarães recebeu muitas denúncias e reclamações através do Procon. Assim, o órgão agora espera a apresentação de justificativa por parte do empresário para decidir o valor da multa a ser ou não aplicada, além de outras sanções. “O Procon está certo de apurar as denúncias que chegam, mas eu vou lutar. A placa não é discriminatória. Como eu vou não gostar de gordinho? Meu trabalho depende deles. Foi uma brincadeira que já fizeram em outros locais. Existe muito mimimi”, declarou Guimarães ao portal.

O empresário, que se diz também “zelador da praça”, afirmou que não vai retirar a placa, já que ele é o responsável pela manutenção. De acordo com Guimarães, a placa foi colocada há seis meses e, desde então, mais obesos procuraram à academia. “Eu vivo de obesidade, como vou ofender gordo se são meus clientes? Depois da placa recebo muitas ligações, gente brincando, dizendo que queria ficar só feio (risos). Já recebi muita foto de gordinho com a placa, artista, gente conhecida. Tenho certeza que uma placa dessas não prejudica ninguém”, disse o empresário, que está há 11 anos no ramo.

Placa causou problemas à academia
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário