Ações da JBS despencam após presidente ser alvo de operação da PF

Papeis da empresa dona da marca Friboi estavam entre as maiores baixas na bolsa

A notícia de que o presidente da holding J&F, controladora da JBS, tornou-se alvo da Operação Lava Jato, fez com que as ações da empresa despencassem na manhã desta sexta-feira (1º). Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de Joesley Batista, em São Paulo, no começo da manhã.

Os papeis da JBS fecharam o dia ontem com alta de 0,5%, vendidos a R$ 10. Porém, logo que o mercado abriu, já havia sido divulgada a operação da PF, o que fesz com que as ações despencassem 5,3%, por volta das 11h30.

No horário, as ações da JBS eram a que mais acumulavam queda, segundo a BM&FBovespa. Os papeis eram negociados a R$ 9,47.

 A Lava Jato cumpriu também mandados na sede da Eldorado Celulose, controlada também pela J&F.
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário