Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Acusado de agressão, Dado Dolabella é demitido pela Record

0

Após ser acusado de agredir um produtor da nova novela da Record, “Vitória”, Dado Dolabella terá seu contrato rescindido pela Record. Sem dar detalhes, a emissora confirmou a Flashland nesta quarta-feira que o ator foi notificado sobre a decisão.

A vítima em questão, Carlos Henrique Andrade de Araújo, registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal e ameaça contra o ator na semana passada. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o registro foi feito na 42ª Delegacia de Polícia, e a vítima foi ouvida e encaminhada para um exame de corpo de delito.

Testemunhas do ocorrido e Dado Dolabella serão chamados para prestar depoimento. O caso será encaminhado ao Juizado Especial Criminal. A agressão teria ocorrido durante as gravações da trama em Curaçao, no Caribe. Com isso, Dado perde o papel de destaque que teria na novela.

As coisas não vão bem para o ator há um bom tempo. Há cerca de 20 dias, o ele voltou a ser enquadrado na Lei Maria da Penha pelo Supremo Tribunal de Justiça, acusado de agredir a atriz Luana Piovani, em 2008. No processo movido pela atriz, ela alega ter sido agredida pelo ex-namorado após a estreia de uma peça encenada por ela.

O ator foi também acusado de agredir a camareira da global. Anteriormente à decisão do STJ, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro havia afastado a aplicação da Lei Maria da Penha a Dado Dolabella, por não considerar a atriz “hipossuficiente ou em situação de vulnerabilidade”, além de “não manter uma relação estável com o acusado na época”.

Após a decisão do STJ, a Luana usou seu Instagram para comemorar. “Ufa! 6 anos depois, a Justiça cumpriu seu papel! Agora, como pode um desembargador advogar dizendo que só as mulheres hipossuficientes merecem a proteção de estado?!? #ofim! #justiça #errodeconduta #gratidão #finalmente #ufa!”, desabafou a bela.

Comentários
Carregando