Adolescente é apreendido acusado de assassinar menina de 4 anos

Um adolescente de 16 anos foi apreendido no último sábado (28/7) suspeito de participar de um tiroteio que matou a menina Júlia Martins Rodrigues de Barros, de 4 anos, dentro da casa da avó, em Goiânia (GO).

De acordo com o jornal O Popular, o adolescente participou da ação, motivada por um acerto de contas entre bandidos, armado de uma pistola e uma espingarda calibre .12. Durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (31/7), o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Divino Alves explicou como a apreensão aconteceu. Os envolvidos foram localizados por meio de um veículo roubado e clonado, no Setor Buena Vista IV.

Priscila Tristão de Godói Bruno, que é tida como parte do grupo, foi quem apontou a residência onde eles estavam. Três adultos fugiram ao perceberam a movimentação, mas o adolescente foi apreendido. Júlia morreu com um tiro na cabeça. O pai da menina, Luiz Martins de Paiva, de 32 anos, também foi baleado no braço.

Ele contou que estava trabalhando vendendo espetinhos na hora do tiroteio e Júlia estava com ele. Ao ouvir os tiros, percebeu dois homens vindo em sua direção e entrou dentro de casa. Luiz teve tempo apenas de fechar a porta. “Eu senti o tiro no meu braço. Na hora que virei para o lado vi minha filhinha caindo e aí voltei. A hora que eu a vi no chão com o rostinho virado, o tiro tinha pegado no ouvidinho dela”, relatou.

Fonte: metropoles.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário