fbpx
Advogada teria cometido suicídio, diz polícia

A advogada Samara Ravena Nunes Vinhorte, de 26 anos, encontrada morta no banheiro de seu apartamento no bairro Agenor Martins de Carvalho na tarde da última terça-feira, pode ter cometido suicídio, diz a polícia.

De acordo com amigos, Ravena morava sozinha em um apartamento e estava passando por problemas pessoais. O corpo da advogada foi localizado por uma amiga, que encontrou-a no banheiro, com um lençol enrolado ao pescoço.

Ravena era bastante conhecida no meio policial, pois diariamente estava de plantão na Central de Polícia. O corpo da jovem advogada foi removido por peritos do Instituto Médico Legal. Ravena morreu por asfixia causada por enforcamento.

Ravena Vinhorte foi encontrada morta em sua residência
Ravena Vinhorte foi encontrada morta em sua residência

A OAB emitiu nota de pesar sobre a morte de Ravena:

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) manifesta seu luto e pesar pela morte da advogada Samara Ravena Nunes Vinhorte, de 26 anos.

A advogada, nascida em Porto Velho, atuava na capital e foi encontrada morta, nesta terça-feira (22), na residência onde morava. A causa da morte está sendo apurada. O horário do velório e enterro ainda não foi definido.

A OAB/RO, neste momento de dor e consternação, solidariza-se aos seus familiares e amigos enlutados.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta