Advogado de Cabral deixa caso porque família não pode pagar honorários

Anúncio foi feito por Beno Brandão, nesta sexta-feira (27).

A família de Sérgio Cabral comunicou à defesa dele que não tem mais condições de arcar com os honorários advocatícios. Por isso, nesta sexta-feira (27), dia em que o ex-governador completa 54 anos, o advogado Beno Brandão anunciou estar deixando o processo.

Cabral está preso em Bangu 8, na capital fluminense, desde o dia 17 de novembro do ano passado, acusado de chefiar um esquema de corrupção envolvendo licitações de obras públicas.

As investigações fazem parte da Operação Calicute, braço da Lava Jato no Rio de Janeiro. As informações são do portal G1.

“A gente pega a procuração do cliente, damos aquele atendimento emergencial e daí vamos ver: ‘olha, esta causa vale tanto’. Apresentamos um valor para a família, a família demorou um tempo para nos dizer e, ao final, disse: ‘nós não temos, a família não está dispondo de valores”, explicou o advogado.

Nessa quinta-feira (25), Cabral voltou a ser alvo da Polícia Federal, dentro da Operação Eficiência, que investiga crimes de lavagem de dinheiro, que consistem na ocultação no exterior de aproximadamente R$ 340 milhões.

 

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta