Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Advogado é detido depois de efetuar manobra perigosa na frente da Delegacia

0

Na madrugada desta quinta-feira (03), o advogado Leandro Garcia, de 37 anos, foi preso após protagonizar uma fuga cinematográfica, percorrendo várias ruas da cidade e até “furando” semáforos. Depois de quase 20 minutos de perseguição, o advogado só parou após bater o carro em uma placa de sinalização “PARE” e ter o carro danificado.

De acordo com o Bop nº 807, registrado pela Guarnição composta pelo SGT PM Alexandre, SD PM Cláudio e SD PM Barbosa, às 03h41, desta quinta-feira (03), por volta das 03h00, a Central de Operações recebeu uma ligação, onde um Policial Civil que estava de plantão na 1ª DP, informando que um motorista de um veículo Gol, de placas NCH 5680, havia efetuado duas manobras perigosas, do tipo “cavalinho de pau, na frente da Delegacia.

Diante da situação, as guarnições de Rádio Patrulha intensificaram o patrulhamento e quando a guarnição comandada pelo SGT PM Alexandre, passava pela Rua Dom Augusto com a Rua 06 de Maio, acabou se deparando com o veículo suspeito. Ao dar ordem de parada, o motorista acelerou o veículo e empreendeu fuga, saindo em alta velocidade até a Avenida Ji-Paraná. Lá, o motorista parou o carro após efetuar outro “cavalo de pau”. Neste momento, os PM’s desceram da viatura para fazer a abordagem e o motorista acelerou novamente o veículo, quase atropelando um dos policiais.

Fugindo pela contramão de direção, o motorista desceu a Rua 22 de Novembro e se dirigiu ao Centro da cidade. Ao chegar na Rua Padre Adolpho, o advogado efetuou mais uma manobra perigosa, conhecida no mundo automobilístico como “360º”, vindo a colidir no meio fio da calçada. Depois, fugiu pela Rua 06 de Maio e atravessou a BR, “furando” o semáforo.

Quando chegou no cruzamento da Rua JK com a Rua 22 de Novembro, o motorista diminuiu a velocidade e uma das menores que estava no banco de trás, abriu a porta e se jogou, mesmo com o carro em movimento.

Depois de quase 20 minutos de perseguição, o veículo foi abordado quando o motorista bateu uma placa de sinalização “Pare”, na Rua Fernandão com a Rua Porto Velho, já no bairro Dom Bosco.

O motorista foi identificado como sendo Leandro Garcia e foi conduzido à 1ª DP, onde recusou-se a submeter-se ao teste de bafômetro, porém a embriaguez alcoólica ficou comprovado através do Laudo Médico.

Duas das três adolescentes que estavam no interior do carro falaram à Polícia que a todo o momento, pedia para que o motorista parasse o veículo, porém os pedidos não eram atendidos. Uma outra menor, que se identificou como sendo a namorada do advogado não quis falar sobre o caso.

As menores ainda falaram que estavam na Boate P-33, quando a amiga ofereceu uma carona. Uma delas falou que lá, é a única casa noturna que menores de 18 anos entram sem qualquer tipo de controle, contrariando totalmente o “ECA”.

REINCIDÊNCIA E PRISÃO EM FLAGRANTE SEM FIANÇA

Como esta não foi a primeira vez em que o advogado Leandro Garcia foi preso cometendo o mesmo crime, o Delegado de Plantão Dr. Luís Carlos Hora, o flagranteou e não, devido a reincidência, não estipulou fiança, devendo ficar preso até o pronunciamento da justiça.

Há alguns meses, o advogado furou um bloqueio da PRF e fugiu até a sua residência, onde foi preso e levado até a Delegacia de Polícia pelo crime de “Embriaguez na Direção” e “Direção Perigosa”.

Leandro Garcia1 Leandro Garcia2

Fonte: Comando 190

Comentários
Carregando