Além autopromoção, Ezequiel Neiva usa DER para promover apadrinhados

Diretor do DER é acusado de infidelidade e improbidade por pedir votos para prefeito em horário de expediente

O diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens de Rondônia (DER/RO), Ezequiel Neiva (PMDB), pode sofrer duras sanções judiciais e administrativas.

Ele é acusado de infidelidade partidária ao apoiar o candidato a reeleição Airton Gomes (PP), em Cerejeiras, que tem o apoio do senador Ivo Cassol (PP), arquirrival do governador Confúcio Moura (PMDB).

Segundo a coligação “Um Novo Tempo”, que apoia Kleber, o diretor do DER estaria dizendo na cidade que “tem o aval do Governador Confúcio Moura para apoiar o candidato adversário”.

O fato é que o PMDB tem Kleber Calisto de Souza como candidato a prefeito. Pela lógica, Ezequiel deveria apoiar Kleber e não Airton.

O diretor do DER também é acusado de percorrer a cidade de Cerejeiras pedindo votos para Airton durante a manhã, ou seja, em horário de expediente, o que é proibido pela legislação.

A Lei n. 9.504, de 30 de setembro de 1997, estabelece normas e condutas pra os agentes públicos durante as eleições. O inciso III, do artigo 73 da referida Lei, explica: “São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais: ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado”. Quem desrespeitar a lei pode sofrer ação de improbidade administrativa.

Ezequiel também vem usando o cargo no DER para se autopromover, de olho nas eleições de 2018.

LEIA, ABAIXO, A DECISÃO NA ÍNTEGRA:

NOTA DE REPÚDIO

A Coligação Um Novo Tempo – PMDB/PSB quem tem Kleber Calisto (PMDB) candidato a prefeito e Dr. Ademir Aderval (PSB)  candidato a vice-prefeito e a Coligação Cerejeiras quer Mais – PMDB, PSB, DEM E PT que possui 18 candidatos a vereadores, vem publicamente, por meio desta nota, esclarecer que: REPUDIAMOS veementemente as atitudes de infidelidade do Diretor Geral do DER Sr.  Ezequiel Neiva, que na manhã de sexta-feira, 09/09, foi visto percorrendo o comércio de nosso município fazendo campanha na companhia do candidato a prefeito Sr. Airton Gomes (PP).

A Coligação Um Novo Tempo ainda acredita ser  inverídica a afirmação do Sr. Ezequiel Neiva, que diz ter o aval do Governador Confúcio Moura para apoiar o candidato adversário.

A Coligação Um Novo Tempo não compactua com o comportamento de gestor público, que tem seu salário e despesas pagas com recursos públicos oriundos do recolhimento dos impostos do contribuinte e que deveria estar trabalhando em prol da comunidade em plena manhã de sexta feira e não fazendo campanha em horário de expediente.

A Coligação Um Novo Tempo é totalmente favorável a qualquer investimento que venha contribuir com a melhoria e progresso do nosso município.

Na oportunidade a Coligação Um Novo Tempo esclarece ainda que o Diretório Municipal do PMDB, ao qual o Sr. Ezequiel Neiva é filiado, irá avaliar o comportamento desrespeitoso e arbitrário, que poderá caracterizar infidelidade partidária.

 

Assessoria de Comunicação: Coligação Um Novo Tempo

Com informações do Extra de Rondônia

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta