Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Alexandre Frota entrou na Justiça para implantar prótese peniana

Na consulta médica, Frota relatou “dificuldades extremas em obter uma ereção peniana satisfatória”

0

O ator Alexandre Frota enfrentou uma batalha judicial contra uma empresa de plano de saúde para implantar uma prótese peniana. O caso ocorreu em 2014 e ficou em segredo de justiça até o fim de outubro, quando a decisão de tornou pública. As informações são da Revista Fórum.

Segundo o processo, Frota foi ao consultório médico com muita dor na região peniano e próxima ao escroto. No local, relatou “dificuldades extremas em obter uma ereção peniana satisfatória, que permitisse ao mesmo a realização do ato sexual”. O médico o diagnosticou como portador de disfunção erétil causada por doença erétil venosa e doença peyronie.

Mesmo com medicamentos, o médico indicou uma prótese peniana. No entanto, o plano propôs pagar por um exemplar não inflável. Contudo, na petição, o modelo “além de não restabelecer as funções físicas de forma satisfatória, pois não atinge o mesmo nível de ereção e espessura de uma prótese inflável de 3 volumes, causa inibição e constrangimento ao paciente, pois o pênis permanecerá sempre em posição de ereção, o que pode provocar constrangimentos psicológicos em locais de convívio social como praias, piscinas, saunas”.

Antes de o caso ir a julgamento, Frota e o plano de saúde fizeram um acordo. A empresa assumiu as despesas cirúrgicas e os honorários advocatícios.

Com Metropoles

Comentários
Carregando