Aluno que agrediu professora presta depoimento e diz que ‘perdeu a cabeça’

Ele confirmou que a confusão começou por causa do livro que ele segurava embaixo da carteira

O adolescente de 15 anos que na segunda-feira agrediu a professora Marcia de Lourdes Friggi, em Indaial, prestou depoimento à Polícia Civil na tarde desta quarta-feira. O menor compareceu à delegacia acompanhado da mãe e de um advogado. Segundo o delegado José Klock, o rapaz teria mostrado arrependimento e confirmado que a discussão com a professora começou por causa do livro que ele segurava embaixo da carteira.

– A versão dele foi de que ele foi injuriado pela professora, que ela teria sido meio deselegante com ele e ele perdeu a cabeça – resumiu o delegado.

O jovem tem um histórico de violência. No ano passado, ele teve de prestar serviços à comunidade depois de agredir um colega e bater na própria mãe. A Secretaria Municipal de Educação informou que vai suspender o adolescente das aulas.

A Polícia Civil ainda não recebeu o resultado do exame de corpo de delito feito pela professora agredida. Nesta quinta-feira duas testemunhas que estavam na escola no momento da agressão devem ser ouvidas. A expectativa do delegado José Klock é concluir até a sexta-feira o auto de apuração de ato infracional, que investiga o caso e será remetido à Promotoria da Infância e da Juventude de Indaial. A promotora adiantou que deve pedir a internação provisória do adolescente. Até a definição do caso, o aluno foi suspenso pela Secretaria de Educação de Indaial.

*com informações do clicrbs e do G1

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário