Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Ameron realiza doação de bens para famílias carentes de Guajará-Mirim

0

“Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal” (Romanos, 12:10). Seguindo os ensinamentos cristãos, a direção da Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron) realizou, ao longo do mês de julho, mais uma ação de solidariedade, amor e respeito ao próximo em movimento coordenado pela juíza Juliana Paula Brandão. A Ameron doou os bens que guarneciam a casa de apoio da associação em Guajará-Mirim.

Em virtude da desativação do pólo de Guajará-Mirim, o presidente da Ameron, Francisco Borges, solicitou um levantamento de famílias e pessoas que pudessem ser beneficiadas com os bens que guarneciam a residência e estavam aptos à utilização. Foram doados beliches, guarda-roupas, camas, além de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos. “Localizamos uma família composta por dez filhos, cujo pai trabalha como estivador, trabalho muito afetado em virtude das enchentes. Eles têm passado por muitas privações. Outro caso curioso foi de um senhor que procurou uma emissora de rádio, solicitando ajuda porque a sua residência foi acidentalmente incendiada. Ele contou que, quando chegou em casa, encontrou o imóvel em chamas, somente conseguindo salvar alguns documentos. Pelas fotos, podemos ver o lugar onde a casa estava edificada, hoje em cinzas. Foi gratificante ver a expressão daquele senhor com as doações”, revela a magistrada emocionada.

Uma das maiores dificuldades apontadas para execução dos trabalhos foi o processo de transporte dos bens doados até os seus destinos, isso por que os beneficiários são pessoas carentes, tendo a Associação arcado também com os custos da desmontagem. A ação ainda contou com o apoio de duas igrejas que prestam serviços assistenciais no interior do Estado. Outra parceira da atividade foi o Centro de Reabilitação –Projeto Chácara Aliança que trabalha no tratamento e recuperação dos dependentes químicos, que além de promover o transporte de alguns bens, foi contemplada com beliches, televisores, aparelho de DVD, bebedouro e máquina de lavar.

De acordo com a juíza Juliana Brandão, o fato de manter relacionamento com pessoas que desenvolvem trabalhos voluntários no município facilitou a localização das pessoas mais carentes. “Foi gratificante ver a alegria daquelas pessoas, mesmo recebendo algo que para nós associados poderia representar tão pouco. Agora, aquelas pessoas terão colchões e cama para dormir. Também entregamos guarda-roupas para quem colocava as roupas em caixas. Nos sentimos muito felizes de estar dando mais comodidade para aquelas pessoas poderem descansar”, avalia a associada. A casa de apoio da Ameron em Guajará-Mirim está sendo devolvida ao Tribunal de Justiça por solicitação do presidente do TJRO, desembargador Rowilson Teixeira.

Comentários
Carregando