Analista do Ministério da Cultura é morta em assalto na Asa Norte

Testemunha contou que Maria Vanessa entregou a bolsa aos bandidos e disse que eles podiam “levar tudo”. Porém, acabou esfaqueada

A analista do Ministério da Cultura e mestranda da Universidade de Brasília (UnB) Maria Vanessa Veiga Esteves, 55 anos, foi assassinada por volta das 23h desta terça-feira (8/8), quando chegava em casa, na 408 Norte. Segundo informações da Polícia Militar, ela foi abordada por dois homens no estacionamento do bloco em que residia. Os bandidos pediram a bolsa dela. Mesmo não reagindo, a mulher foi atingida por golpes de faca e não resistiu.

Uma testemunha contou aos policiais que Maria Vanessa entregou a bolsa aos bandidos e disse que eles podiam “levar tudo”. Porém, um deles a teria agarrado e o outro a esfaqueado nas costas. O crime ocorreu no estacionamento entre os blocos B e C. De acordo com os vizinhos, a mulher morava sozinha. O carro dela foi levado para a perícia.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a atender a vítima, mas ela não resistiu aos ferimentos. A polícia procura pelos suspeitos do crime, que deixaram a faca no local. Eles levaram a bolsa e o celular da mulher. No chão do estacionamento e na calçada, restaram poças de sangue (foto de destaque). Imagens feitas pelos sistemas de segurança dos blocos foram recolhidas pela Polícia Civil.

Maria Vanessa era natural de Minas Gerais e morava sozinha em Brasília

Latrocínios
A ocorrência foi registrada como latrocínio (roubo seguido de morte) e está sendo investigada pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte).  De janeiro a julho deste ano, segundo dados da Secretaria de Segurança e da Paz Social, 20 brasilienses morreram vítimas de latrocínio. No mesmo período de 2016, foram 28 ocorrências.

O último latrocínio registrado no DF foi o do comerciante Clodoaldo Alencar, 47 anos, atingido por um tiro na cabeça quando estava dentro de sua loja de revenda de motos, em Sobradinho, durante um assalto na quinta-feira (3).

Segundo a polícia, o ladrão queria a chave de uma das motos. Como não conseguiu, atirou contra a vítima, que morreu dois dias depois.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário