fbpx
Anvisa veta lote de extrato de tomate Elefante com “matéria estranha”

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária vai suspender a venda de um lote do extrato de tomate da marca Elefante depois de identificar “matéria estranha” num teste do produto. A decisão saiu no Diário Oficial da União desta segunda-feira (30).

A agência afirma que o consumo da substância traz “risco à saúde humana acima do limite máximo de segurança”. A suspensão atinge o lote de número L011810, com validade até 7 de outubro de 2016.

O estoque do produto será recolhido das lojas. Contatada pelo G1, o fabricante ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta