Apenado é torturado após ser confundido como estuprador em presídio de RO

Um apenado de 24 anos foi torturado por cinco detentos do Presídio Agenor Martins de Carvalho em Ji-Paraná (RO), na Região Central, nesta segunda-feira (11). Conforme a Polícia Civil, o homem cumpre pena de oito 8 anos e dois meses por roubo e foi agredido depois de ser confundido como um estuprador.

Em depoimento, a vítima afirmou que cumpria pena no Presídio Central quando, há cerca de um ano um boato foi criado informando que ele teria estuprado uma pessoa dentro da unidade prisional.

Ao tomar conhecimento do boato de que a vítima seria um estuprador, cinco companheiros de cela agrediram o detento com socos, chutes e pisadas.

Segundo a vítima, os agressores ameaçaram o enforcar com lençóis da cela.

Segundo a Polícia Civil, a tortura durou cerca de uma hora até que agentes penitenciários conseguiram conter as agressões e remover a vítima da cela.

O caso foi registrado na Unidade de Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Fonte: g1/ro
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário