Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Apenas 31% dos professores de ensino básico têm pós-graduação, diz levantamento

0

Segundo Observatório do Plano Nacional de Educação, cerca de 87% dos municípios mantêm alguma forma de incentivo à formação dos docentes

Dados do Observatório do Plano Nacional de Educação (PNE) mostram que apenas 31% dos professores do ensino básico têm cursos de pós-graduação nas suas áreas de atuação. Isso significa que a maior parte dos docentes não possui conhecimento aprofundado em assuntos nos quais leciona.

Segundo o PNE, que estabelece as metas nacionais para o setor, em 2024 o País deve ter pelo menos 50% dos professores de educação básica com pós-graduação.

De acordo com a atualização mais recente do portal, feita no final de 2014, o Estado com maior percentual de docentes pós-graduados é o Espírito Santo (73,7%), no Sudeste, contra apenas 13,2% do Pará, no Norte.

Apesar da disparidade, a maior parte dos 26 Estados (mais o Distrito Federal) “ostenta” um índice que varia entre 18% e 38% – do total, só seis deles conseguiram terminar 2014 com pelo menos 40% dos seus professores de ensino básico pós-graduados.

Não bastassem os números baixos, nem todos os municípios implantaram medidas de formação continuada dos docentes – na prática, muitos desses professores não contam com incentivos, financeiros inclusive, para cursar a pós.

Pelo Observatório Nacional, 87,4% dos municípios haviam adotado alguma medida nessa linha – o destaque ficou por conta da região Sul do Brasil, que puxou as estatísticas para cima (93,6%), enquanto a região Norte teve o pior desempenho (85,8%).

Comentários
Carregando