• Homepage
  • >
  • Tecnologia
  • >
  • Aplicativo analisa troca de mensagens para dizer como vai relacionamento

Aplicativo analisa troca de mensagens para dizer como vai relacionamento

Aplicativo analisa troca de mensagens para dizer como vai relacionamento

Es Lee, ao conversar com um amigo, teve a ideia de criar um aplicativo para analisar conversas por mensagem de texto. O Crushh tem um algoritmo que lê as mensagens e analisa a situação do relacionamento entre as duas pessoas.

A iniciativa surgiu quando Lee falava com um amigo que estava confuso em relação a uma mulher com quem saiu. “Ele foi a um encontro e achou que tudo tinha sido ótimo, mas a mulher não respondeu a sua última mensagem. Eu olhei as conversas e pude dizer que ela gostou dele pela ‘linguagem corporal’ demonstrada nas mensagens”, explicou ao Mashable.

Por ‘linguagem corporal’ o criador do Crushh se refere à pontuação, uso de emojis, linguagem usada nas mensagens, além da frequência com que as pessoas conversam e o tempo que levam para responder.

Assim, ele converteu a análise para um algoritmo que funciona de modo parecido com o cérebro humano. Os dados usados pelo app foram desenvolvidos pela análise de mais de 200 mil relacionamentos e consultas com sociólogos, psicólocos e especialistas em encontros.

Para que o aplicativo funcione é preciso selecionar um contato e especificar que tipo de relação o usuário tem com ele. Então, ele analisa as mensagens no celular. Também são levados em consideração idade e personalidade da pessoa. O Crushh usa a pontuação de um a cinco para dizer se a pessoa gosta ou não de você.

O app também serve para que a pessoa identifique se há uma mudança no comportamento da outra.

Consultados pelo Mashable, especialistas respondem se o aplicativo realmente funciona. Stephen Pulman, professor de Ciência da Computação da Universidade de Oxford, diz que o Crushh funciona como uma aplicação simples de análise de sentimentos e emoções, o que pode ser razoavelmente preciso.

Para Pulman, o problema é que o Crushh não identifica o uso de sarcasmo e metáforas

Mark Bishop, diretor do Centro Tungsten para Inteligência de Análise de Dados da Universidade de Londres, o aplicativo não é capaz de entender a semântica das conversas.

O aplicativo só está disponível para Android, porque o iPhone não permite que outros aplicativos acessem as mensagens de texto. Além disso, o Crushh não funciona com WhatsApp e outros aplicativos mensagens instantâneas.

Fonte: emais.estadao.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

Direto de Brasília