Após 4 dias realizando desejos, homem com câncer terminal morre

O agricultor Ryan Graham, de 32 anos, descobriu que tinha um câncer terminal no estômago, em fevereiro de 2013, em Suffolk, no sul da Inglaterra. Ao saber que tinha poucos meses de vida, ele traçou uma meta de três desejos para cumprir antes de morrer: casar, passar o Dia dos Pais com os seus enteados e festejar a festa do seu enteado mais novo. Quatro dias de depois dos desejos realizados, o agricultor morreu. As informações são do site Daily Mail desta quinta-feira (3).

Segundo a publicação, o primeiro desejo de Ryan era se casar. Ele pediu Amy, sua companheira, em casamento um mês depois de saber da doença terminal. Os dois se conheceram em 2012 e demoraram apenas seis semanas para organizar a festa de união.

De acordo com Amy, quando os dois, ainda namorados, souberam que o câncer era terminal, foi uma noticia devastadora, mas que Ryan não se abateu

— Ele falava que já que ele iria morrer. Ele ia morrer do jeito dele.

O outro desejo de Ryan, passar o dia dos pais com o seus enteados, também foi realizado. A viúva afirmou ao jornal, que foi um dia muito especial além dos presentes que ele recebeu.

— Ele foi um segundo pai para os meus filhos. No Dia dos Pais ele montou uma caixa para cada um deles como uma memória. Cheia de fotos das férias e de momentos que passamos juntos.

O último desejo de Ryan era ver o enteado mais novo, também chamado Ryan, apagar as velhinhas em seu nono aniversário.

Nesta fase, a doença já devastava o corpo do agricultor e os médicos pediram para que a família adiantasse a data, mas o ele se negou. Incrivelmente, no dia do aniversário, 16 de agosto, ele conseguiu se levantar para dar os parabéns ao menino.
Quatro dias depois, no dia 20 de agosto, ele morreu com seus três desejos realizados. Mesmo com o pouco tempo juntos, Amy afirma que o homem era muito carinhoso e que ainda é muito difícil seguir a vida depois da morte dele.
Como uma homenagem ao agricultor, a família doa dinheiro a Fundação do hospital St Hospice em Ipswich, uma região no sul da Inglaterra. A instituição cuidou de Ryan até o momento da sua morte.

 

Fonte: R7

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Por favor, dê um like em nossa página no Facebook
Placeholder
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília

Associado da Liga de Defesa da Internet