Após calote milionário, advogados abandonam Sérgio Cabral

Escritório que atuava em Curitiba comunicou hoje que não vai mais defender o ex-governador do Rio.

Após calote milionário, os advogados do ex-governador Sérgio Cabral abandonaram a defesa do peemedebista acusado de receber um “oceano” de propina. O escritório que defendia o ex-governador no Paraná comunicou na quarta-feira à Justiça que não vai atuar mais na defesa. Os advogados acompanhavam as investigações contra Cabral que estão nas mãos do juiz Sergio Moro.

Nesta quinta-feira, o Ministério Público Federal do Rio afirmou que já conseguiu recuperar cerca de 270 milhões de reais da propina paga ao ex-governador no exterior. A ocultação desses recursos era feita, segundo a procuradoria, por operadores ligados ao empresário Eike Batista, alvo da Operação Eficiência deflagrada nesta manhã. O valor representa quase 80% dos 100 milhões de dólares — cerca de 340 milhões de reais — ocultados pelo ex-governador no exterior.

Em entrevista coletiva, o coordenador da força-tarefa da Lava-Jato no Rio, o procurador Leonardo Freitas, disse que ainda não há a real dimensão do patrimônio do ex-governador: “O patrimônio dos membros da organização criminosa comandada por Sérgio Cabral é um oceano não completamente mapeado”. Pelo jeito, as torneiras do “oceano” de propinas começaram a secar.

Fonte: veja.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário