Após demissão da PF, Segovia irá atuar na Itália, diz Temer

Após ser demitido do cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segovia será adido especial na Itália, informou nesta quarta-feira (28/2) o presidente Michel Temer.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Temer confirmou que o ex-diretor-geral da PF será transferido para Roma, na região central da Itália, e alegou que sua demissão foi apenas um “ajustamento”.

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário