Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Após limpeza e desinfecção, Mercado do Pescado e Shopping Popular deverão ser recuperados

0

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur), responsável pela administração do Shopping Popular e do Mercado do Pescado, localizados no Cai N’água, está intensificando seus esforços para recuperação dos prédios públicos utilizados para fins comerciais da comunidade, e que foram praticamente destruídos após a enchente do Madeira.

Atualmente, as edificações estão inativas devido as condiçõesRecupera semdestur 800px 02 em que se encontram em virtude dos prejuízos ocasionados pela água, sendo assim, os permissionários permanecem realocados em praças e outros espaços. Sobre o Mercado do Pescado, o secretário da Semdestur, Antônio Geraldo Affonso, explica que já foram iniciadas as ações para reativação do espaço. “Há cerca de uma Recupera semdestur 800px 07semana foi dado início ao trabalho de limpeza no Mercado, que está sendo executado por uma empresa contratada por meio de licitação. Conforme a determinação, o prédio precisa ser totalmente limpo e desinfectado, para que a Defesa Civil dê entrada na vistoria e emita um laudo e somente após todo estes procedimentos, seja feita uma análise das demandas para reforma e recuperação”, explicou Affonso que completou justificando a necessidade de contratação de mão de obra terceirizada. “Constatamos que a situação ficou precária no pós enchente. O sedimento acumulado chega a mais de um metro de altura, precisamos de um trabalho intenso e especializado para Recupera semdestur 800px 06tal limpeza”, concluiu.

Já para reativação do Shopping Popular, foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (Sempla) o processo para reserva orçamentária e posterior licitação, que garantirão a limpeza e desinfecção do Shopping Popular. “Posteriormente solicitaremos um laudo da Defesa Civil Municipal para identificar as necessidades e o comprometimento da estrutura, e assim definirmos as necessidades de reforma do local, a exemplo do Mercado do Pescado”, detalhou Geraldo que garantiu que a Semdestur tem buscado agilizar tais serviços, já que os dois prédios eram utilizados por permissionários cadastrados junto a secretaria. “Entendemos a necessidade econômica não só para o município, mas para estas pessoas que dependem do comércio, por isso estamos trabalhando para reativar estes espaços de maneira mais breve possível”, finalizou.

Recupera_semdestur_800px_01

Comentários
Carregando