Após trocar mensagens com homem, mulher tem mãos cortadas por marido

Um marido cortou as mãos da esposa após descobrir que ela estava trocando mensagens de texto com outro homem. O caso ocorreu em um vilarejo próximo a Moscou, na Rússia, na última segunda-feira (11/12).

Margarita Grachyova, de 25 anos, já havia denunciado o psicólogo Dmitry, de 26 anos, por outros comportamentos violentos. Eles não moravam mais juntos, mas o homem, que recentemente parecia ter se arrependido das suas atitudes e havia parado com as ameaças e os ataques, ofereceu ajudar a levar os filhos para a escola, segundo o Daily Mail.

Ele viu que ela estava trocando mensagens de texto com um colega de trabalho. No caminho de volta, o marido a levou para uma floresta deserta, e cometeu a agressão. Com um machado ele esmagou os dedos da mulher, depois fez um corte na sua cintura e por fim cortou suas mãos. Durante todo o ataque ela permaneceu consciente.

Em seguida, o marido a levou para o hospital e se entregou para a polícia. Antes de cometer o crime, ele mandou uma mensagem para a mãe: “Por favor, me perdoe. Eu não consigo mais viver assim, quando eu estou sendo traído”. Antes de sair do trabalho, também falou para os colegas: “Vocês vão ter notícias de mim logo”.

Os médicos conseguiram costurar uma das mãos de volta, mas ainda não é possível saber se Margarita conseguirá recuperar os movimentos. O outro membro decepado estava tão danificado que não foi possível salvá-lo. Dmitry foi preso preventivamente.

Enquanto estavam juntos, o marido tinha tanta certeza que havia sido traído, que chegou a levar a esposa para fazer um exame em um detector de mentiras. O resultado provou a fidelidade de Margarita, embora Dmitry insistisse que o seu caçula era filho de outro homem.

Em novembro, ele havia tentado atacá-la com uma faca, e ameaçou jogar ácido no seu rosto caso a esposa não desistisse do divórcio. Foi após este episódio que ela saiu de casa.

Fonte: metropoles

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário