Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Aprenda como, quando e quanto se deve escovar os dentes

0

Passo 1: comeu, escovou
O ideal (e indicado pelos dentistas) é que a escovação seja feita três vezes por dia. Mas essa regra muda quando a pessoa tem o hábito de se alimentar a cada três horas como mandam muitas dietas. “A higiene bucal deve ocorrer após as refeições e sempre que ingerir qualquer tipo de alimento. Para as pessoas que se alimentam de 3 em 3 horas, a regra é mesma”, diz Andréia Mara Andrade Pizani, cirurgiã-dentista do Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein.
Passo 2: anote o jeito certo de se escovar os dentes e repita todas as vezes
Para começar, é importante saber que escovar os dentes com pressa não está com nada e pode fazer com que você até machuque sua gengiva. Uma escovação adequada deve durar no mínimo dois minutos. Os movimentos devem ser suaves e com uma escova de cerdas macias.

“Posicione a escova em ângulo de 45 graus ao longo da gengiva, fazendo movimentos que vão da gengiva até à ponta dos dentes. Inicie pelas superfícies internas de cada dente, depois, superfícies externas, tanto nos dentes superiores quanto nos inferiores. Em seguida, escove a superfície de mastigação com movimentos para frente e para trás. Escove também a língua, para eliminar o grande acúmulo de bactérias”, diz Andréia.

Passo 3: use o fio dental corretamente e sem força
O uso do fio dental deve ser feito sempre antes da escovação e sem força, pois o excesso de pressão pode machucar a gengiva e fazê-la sangrar. “A maneira correta é enrolar no dedo médio de uma mão a maior parte do fio e o restante no dedo médio da outra mão, com a ajuda dos polegares deve retirar os restos dos alimentos dos dentes superiores e com a ajuda dos indicadores retira os alimentos dos dentes inferiores. O tamanho ideal de fio dental é 40 cm”, recomenda a especialista.
Passo 4: enxaguantes só como complemento
Quem gosta de usar um enxaguante bucal ao fim da escovação deve saber algumas coisas. Primeiro, ele não substitui a escovação, é apenas um complemento. E segundo, o dentista é a melhor pessoa para indicar qual é o melhor enxaguante para cada caso e como o produto deve ser usado.
Passo 5: a cada três meses, troque os itens de higiene bucal.
É recomendado fazer a troca da escova dental a cada três meses. Por isso, se você começar a usar uma escova nova em janeiro, saiba que terá que trocá-la em abril, julho, outubro e depois novamente em janeiro. Para não esquecer, deixe anotado na agenda ou faça um lembrete e cole no espelho. A exceção ocorre se houver alguma infecção durante esse tempo. Nesse caso, a escova deve ser trocada logo após o quadro de infecção. E, se você prefere usar raspadores linguais, saiba que o tempo ideal para trocá-los é o mesmo das escovas dentais, de três em três meses.

“É muito importante trocar as escovas dentais regularmente devido à proliferação das bactérias. E para mantê-la em bom estado, durante o uso, é importante lavá-la em água corrente após a escovaçãoe guardá-la na posição vertical para que ela se mantenha seca. Evite que sua escova encoste em outra para que não ocorra a propagação de bactéria, evite guardar em lugar abafado e fechado, pois isso também aumenta a proliferação das bactérias”, diz Andréia.

Dicas extras
A higiene das próteses deve ocorrer após as refeições. A limpeza deve ser feita com uma escova especial para próteses com um pouco de sabão ou um produto específico para higienizá-las. As próteses devem ser removidas durante a noite e imersas em água, para que a cavidade bucal descanse por algumas horas.

E quem está entre uma sessão e outra de clareamento dental pode usar um creme dental branqueador porque ele ajuda a estabilizar a cor.

Beta Terra

Comentários
Carregando