Apresentador Bruno De Luca vai pagar R$15 mil por chamar recepcionista de favelado

O apresentador Bruno De Luca foi condenado a pagar uma indenização de R$ 15 mil após ter chamado um recepcionista do hotel “Majestic” de favelado, de acordo com informações da revista “Veja São Paulo”. O episódio aconteceu em Florianópolis, Santa Catarina, em 2009, mas o processo só acabou agora.

De acordo com a publicação, o apresentador brigou com o funcionário do local, depois que o rapaz pediu que Bruno diminuísse o volume do som em seu quarto.

Testemunhas afirmam que o recepcionista foi chamado de “favelado”, “pobre de m.” e “vagabundo”, entre outros xingamentos, além de ter sido agredido fisicamente por uma amiga de Bruno, a atriz Lívia Lemos. Os dois estavam, ainda de acordo com testemunhas, aparentemente embriagados. O artista ainda pode, no entanto, recorrer da decisão.

Fonte: correio24hs

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário