Política

Aprovação ao governo Temer cai para 10,3%, mostra pesquisa CNT

Aprovação ao governo Temer cai para 10,3%, mostra pesquisa CNT

Rejeição ao governo também cresceu e chegou a 44,1%; para quase 49% dos entrevistados, a corrupção com o peemedebista é igual à da gestão Dilma Rousseff.

A avaliação positiva da gestão do presidente Michel Temer (PMDB) apresentou queda nos últimos quatro meses e foi para 10,3%, de acordo com pesquisa CNT/MDA divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) – destes, 9,1% consideram o governo como “bom” e apenas 1,2% o avaliam como “ótimo”. O levantamento anterior, divulgado em outubro do ano passado, apontava uma avaliação positiva por parte 14,6% dos entrevistados.

Já o índice de rejeição ao governo subiu, passando de 36,7% na pesquisa passada para 44,1% – deste total, 17,6% avalia a administração como “ruim”, enquanto 26,5% classificam o desempenho como “péssimo”. Já para 38,9% dos entrevistados, o governo Temer tem tido uma atuação “regular”.

Em relação à aprovação do desempenho pessoal do presidente, também foi registrada uma queda – de 31,7% para 24,4%. Já o número de pessoas que desaprovam subiu de 51,4% para 62,4%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 11 de fevereiro. Foram ouvidas 2002 pessoas em 138 municípios de 25 unidades federativas, nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança.

Corrupção não mudou

Para quase 49% dos entrevistados, a corrupção no governo Temer é igual à da gestão de Dilma Rousseff (PT). Já para 31,5%, o problema era maior com a petista, enquanto 16,1% avaliam que ele aumentou com Temer. Na visão de 71,8% dos que responderam a pesquisa, o combate à corrupção no país, em aspectos gerais, cresceu nos últimos anos, enquanto 22,4% consideram que os desvios não passaram a ser mais coibidos no Brasil.

Um terço dos brasileiros, segundo a pesquisa da CNT, julga que a corrupção ocorre na mesma medida nos Três Poderes. Já para 23,7%, ela é maior no Legislativo, enquanto 19,4% avaliam que ela é superior no Executivo e 10,2% acham que o problema afeta mais o Judiciário. Na visão de nove em cada dez entrevistados, não existe partido político sem corrupção no país. Para 54,7%, a maior parte dos brasileiros também pratica esse tipo de delito.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Next article 38 anos depois, chega ao fim caso de criança desaparecida nos EUA
Previous article Lula lidera intenções de voto para 2018, segundo pesquisa

Related posts

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Você pode ser o primeiro a comentar esta postagem postar comentário!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta