Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

As 25 cidades mais coloridas do mundo

0

Nestes lugares, há muito mais do que apenas concreto e aço. As cores vibrantes chamam a atenção. Em uma lista com as 25 cidades mais coloridas do mundo, compilada pelo site The Cool List e pelo jornal The Huffington Post, as cores vibrantes chamam a atenção. Algumas fotos, alertam especialistas em fotografia, podem ter sido retocadas no Photoshop para dar ainda mais cor às imagens - nada que comprometa a beleza e singularidade desses lugares.

2-nuuk-gronelandia

 

 

 

 

Nuuk – Groenlândia

Na capital da nação autônoma da Dinamarca, os prédios coloridos se destacam. As cores indicavam a função dos edifícios: prédios comerciais eram vermelhos, hospitais eram amarelos, as delegacias eram pretas, a companhia telefônica verde e as empresas de pesca azuis. A tradição se manteve.

 

 

 

 

2-berlim-alemanha

 

 

 

 

 

 

Berlim – Alemanha
Arte urbana, grafite e arquitetura colorida marcam a capital alemã, que combina diferentes estilos.

 

 

 

 

23-san-francisco-california

 

 

 

 

 

São Francisco – Califórnia
A arquitetura colorida é característica de São Francisco, presente em diversos pontos da cidade, especialmente nas casas vitorianas que são o cartão-postal local.

 

 

 

 

1-amorgos-island-greece

 

 

 

 

Ilha de Amorgos – Grécia
A ilha grega tem casas brancas coloridas por janelas e portas de cores vibrantes. Em 1988, serviu como cenário do filme “Imensidão Azul”, de francês Luc Besson.

 

 

 

 

 

 

4-ilha-paradise-bahamas

 

 

 

 

Ilha Paradise – Bahamas
A pequena ilha abriga um resort e casas coloridas.

 

 

 

 

 

 

1-cinque-terre-italy

 

 

 

 

Cinque Terre – Itália
Cinq Terre é uma região da riviera italiana que reúne cinco vilarejos, considerada patrimônio histórico da Unesco. Incrustadas em montanhas sobre o mar Mediterrâneo, cada cidadezinha é cheia de casas coloridas, muitas delas ocupadas por turistas e viajantes.

 

 

 

 

 

3-gamla-stan-stockholm

 

 

 

 

 

Gamla Stan, Estocolmo – Suécia
A cidade velha de Estocolmo, marcada por uma mistura de estilos e arquiteturas que incluem muitos prédios coloridos.

 

 

 

 

4-barranco-lima-peru

 

 

 

 

 

Barranco, Lima – Peru
O bairro da capital peruana é um dos principais redutos boêmios e reúne bares e boates, muitos deles em casarões antigos reformados.

 

 

 

 
5-burano-island-italy

 

 

 

 

Burano – Itália
Ao norte de Veneza, a ilha de Burano chama atenção pelo casario de cor vibrante à beira d’água. Em alguns trechos, é possível caminhar sem que nenhuma cor se repita.

 

 

 

 

 

6-trinidad-cuba

 

 

 

 

Trinidad – Cuba

A cidade praiana, fundada no início do século 16, é patrimônio mundial desde 1988.

 

 

 

 

8-bristol-england

 

 

 

 

Bristol – Inglaterra
A sexta cidade mais populosa da Inglaterra tem casas mais modernas cheias de cores.

 

 

 

 

 

 

10-caminito-buenos-aires

 

 

 

Caminito, Buenos Aires – Argentina
No hoje turístico bairro de La Boca, as cores do Caminito, rua-museu repleta de artistas, atraem atenção de turistas de todo o mundo. Foi o pintor Benito Quinquela Martín que teve a ideia, em 1959, de pintar as casas de madeira e zinco com cores vibrantes para recuperar o local.

 

 

 

 

11-wroclaw-poland

 

 

 

Wroclaw – Polônia
Ao longo da história, a cidade de Wroclaw já pertenceu à Alemanha, Prússia, Áustria e, finalmente, à Polônia, mas sempre teve a arquitetura colorida como tradição.

 

 

 

 

 

 

14-st-johns-newfoundland-ndash-canada

 

 

 

 

St. Johns, Newfoundland – Canadá
A cidade de St. Johns, na ilha Newfoundland, é a mais colorida do Canadá, característica que contrasta com o clima frio do país. St. Johns tem muitos museus, galerias de artes e parques e prédios novos tão coloridos que podem ser avistados até dos navios que navegam por lá.

 

 

 

santa-maria-in-rio-de-janeiro

 

 

 

Santa Marta – Rio de Janeiro
O trabalho dos artistas holandeses Jeroen Koolhaas e Dre Urhahn deu um novo colorido às casas do morro Santa Marta, em Botafogo.

 

 

 

 

 

 

13-longyearbyen-svallbard-norway

 

 

 

 

Longyearbyen – Noruega
Na terra da aurora boreal, as cores das casas são quase tão bonitas quanto as do céu.

 

 

 

 

 

 

17-willemstad-curacao-ndash-caribe

 

 

 

 

Willemstad – Curaçao
Reza a lenda que, em 1880, quando os holandeses dominavam Curaçao, o governador atribuiu as fortes enxaquecas que o afetavam ao forte sol do Caribe refletindo nas paredes brancas da colônia. Ele teria, então, vetado a cor branca e ordenado que os prédios fossem apenas pintados de outras cores.

 

 

 

 

 

18-provence-vila-de-menton-provence-alpes-cote-drsquoazur-ndash-franca

 

 

 

 

 

Villa de Menton – França
Apelidada de “pérola da França”, a cidadezinha na Côte d’Azur abriga parques, jardins e prédios coloridos.

 

 

 

 

 

19-napoles-italia

 

 

 

Nápoles – Itália
A cidade combina belezas naturais e atrações urbanas, incluindo casario colorido.

 

 

 

 

 

 

 

20-valparaiso-chile

 

 

 

 

Valparaíso – Chile
As cores vibrantes das casas de Valparaíso há anos encantam turistas de todo o mundo. A visão das casinhas coloridas nas

montanhas sobre o Pacífico, inclusive o poeta Pablo Neruda, que tem uma casa aberta à visitação em Valparaíso.

 

 

 

 

 

 

21-guanajuato-mexico

 

 

 

 

 

Guanajuato – México
Durante 250 anos, as minas de prata de Guanajuato chegaram a produzir 30% da prata mundial. A cidade, que cresceu ao redor das minas, tem na arquitetura colorida um de seus maiores atrativos nos dias de hoje. A cidade é patrimônio mundial da Unesco.

 

 

 

 

 

chefchaouen-marrocos

 

 

 

 

Chefchaouen – Marrocos
Os labirintos da medina de Chefchaouen levam a ruelas e becos todos em tons de azul. A região já foi um refúgio para judeus espanhóis durante a Inquisição. Embora hoje a maioria tenha imigrado para Israel, os becos azuis ficaram como legado.

 

 

 

 

 

 

 

 

balat-istanbul-jewish-district

 

 

 

Balat, Istambul – Turquia
O antigo bairro judeu de Istambul hoje atrai moradores distintos, mas mantém uma arquitetura que remete a uma era perdida. Há muitos prédios em ruínas e mal conservados, mas que mesmo assim atraem os olhares.

 

 

 

 

 

 

 

 

24-pelourinho-salvador-ndash-brasil

 

 

 

 

Pelourinho, Salvador – Brasil
O bairro no centro histórico de Salvador é patrimônio histórico da Unesco e reúne um casario colonial cheio de cores. A partir da década de 90, a área foi revitalizada e passou a receber atrações culturais, atraindo turistas.

 

 

 

 

 

 

 

 

25-jodhpur-india

 

 

 

Jodhpur – Índia
A casta sacerdotal de Jodhpur pintava suas casas de azul para se diferenciar do resto dos cidadãos. Mas não demorou muito para que todos na cidade aderissem à pintura de suas casas. Hoje a cidade já se expandiu muito além dos muros originais, mas o centro histórico ainda é quase todo azul-indigo.

 

Comentários
Carregando