Assaltantes se passam por agentes de saúde e espancam idoso em Brasília

Os bandidos levaram uma coleção de seis relógios, avaliados em R$ 25 mil cada

Após fingirem ser agentes de combate à dengue, dois assaltantes invadiram uma casa no Lago Sul, zona nobre de Brasília, entre 11h e 11h40 desta quarta-feira (16). O proprietário da residência, um major brigadeiro da Aeronáutica de 93 anos, ao atender a campainha acionada pelos falsos funcionários da Saúde, foi rendido e, logo depois, agredido a coronhadas.

Assim que os bandidos entraram, mais dois comparsas apareceram, informa o Metrópoles. Eles ficaram por aproximadamente 20 minutos no local onde estavam o militar, a esposa e mais três funcionários. Os assaltantes levaram televisores, o carro do idoso, uma Subaru XV e ainda uma coleção de seis relógios de bolso antigos, cada um avaliado em cerca de R$ 25 mil.

Assim que souberam se tratar de um militar, os bandidos começaram a procurar armas no local, mas sem sucesso. Para pessoas próximas à família, o crime foi premeditado, uma vez que os criminosos sabiam onde estavam os objetos valiosos.

No momento do crime, dois funcionários foram trancados no banheiro e tiveram armas apontadas para a cabeça. A quadrilha usava uniformes da Vigilância Sanitária e luvas para revirar os pertences.

O militar foi levado para o Hospital da Força Aérea de Brasília. Após levar coronhadas, inclusive na cabeça e nas costas, caiu e machucou o braço. Vai precisar levar pontos. Mas ele passa bem e realiza exames na tarde desta quarta.

Fonte: noticiasaominuto

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta