Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Assassino alterou cenário da morte de psicóloga em Ipanema

Investigação da Delegacia de Homicídios revelou que Maria Lúcia Magalhães, de 72 anos, foi morta por uma lesão na coluna

0

RIO – A psicóloga Maria Lúcia Magalhães, de 72 anos, encontrada morta dentro de seu apartamento em Ipanema, na quarta-feira, não morreu por asfixia ou afogamento, como se acreditava. Apesar de ter sido encontrada dentro de uma banheira e com um saco plástico na cabeça, segundo o titular da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), delegado Fábio Cardoso, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou que na verdade ela foi morta por uma lesão na coluna (traumatismo raquimedular). O autor do crime pode ter aplicado um golpe nas costas da vítima ou usado um objeto para atacá-la. A polícia ainda não sabe por que o criminoso tentou simular que Maria Lúcia morreu por outro motivo.

Outro fato que comprova o ataque contra a idosa, segundo a polícia, foi um grito de socorro ouvido por uma testemunha um dia antes de o corpo ser encontrado pela empregada da psicóloga. Um vizinho teria ouvido um pedido de socorro.

– A empregada, quando chegou no dia seguinte, encontrou o corpo da idosa submerso na banheira. Havia lesões na face, nos braços, tórax e coluna – disse o delegado, que não descarta nenhuma linha de investigação:

– Pode ser latrocínio e até crime passional.

A polícia retornou ao prédio de Maria Lúcia na tarde desta quinta-feira para buscar mais imagens das câmeras de segurança. Testemunhas estão sendo chamadas para depôr na delegacia, inclusive operários que trabalhavam numa obra vizinha ao imóvel da vítima, que morava sozinha.

DISQUE-DENÚNCIA PEDE INFORMAÇÕES DO CRIME

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia divulgou nesta quinta-feira um cartaz pedindo informações que ajudem a esclarecer as circunstâncias da morte da psicóloga. Maria Lúcia, que morava sozinha e não tinha filhos, era descrita pelos vizinhos como uma pessoa discreta, educada e reservada, e não costumava receber muitas visitas. A notícia da morte de Malu, como era conhecida, foi recebida com choque pelos amigos mais próximos.

Fonte: oglobo.com

 

 

 

Comentários
Carregando