Assassino de dançarina Amanda Bueno é condenado a mais de 40 anos de prisão

Ele responderá pelo assassinato da dançarina de funk Cícera Alves de Sena, conhecida como Amanda Bueno

Milton Severiano Vieira, o Miltinho da Van, foi condenado a 40 anos, 10 meses e 20 dias de prisão, além de 32 dias-multa, pela morte da sua noiva, a dançarina de funk Cícera Alves de Sena, conhecida como Amanda Bueno.

A Justiça considerou que o crime foi duplamente qualificado (feminicídio e asfixia), e ainda apontou roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e condução de veículo automotor sob efeito de álcool.

Segundo matéria de O Globo, a sentença foi dada no início da madrugada desta terça-feira (11), pelo juiz Alexandre Guimarães Gavião Pinto, da 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu, após mais de 13 horas de julgamento.

O crime aconteceu no dia 16 de abril de 2015. Imagens de circuito de segurança mostraram Miltinho jogando a dançarina no jardim da casa onde moravam e a agredindo várias vezes na cabeça. Em seguida, Miltinho disparou tiros de pistola e escopeta em direção à cabeça da vítima.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário