Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Atleta de 21 anos perde movimentos das pernas após pular em piscina

Parentes e amigos se mobilizaram e estão arrecadando dinheiro para o tratamento dele, que ultrapassa R$ 20 mil. Kaynan Vieira teve fraturas graves nas vértebras depois de pular em piscina.

0

O atleta Kaynan Viana Miranda, de 21 anos, perdeu os movimentos das pernas após pular em uma piscina durante uma festa em Palmas. Ele teve fraturas na coluna vertebral e precisou passar por cirurgia. Os médicos disseram que ele não poderá mais andar. Os amigos do jovem se mobilizaram e estão fazendo uma campanha para arrecadar dinheiro e pagar o tratamento dele.

A mãe do jovem, Francinete da Silva Viana, conta que no dia do acidente ele saiu de casa para ir em uma festa com os amigos. Kaynan resolveu pular na piscina e caiu já com o corpo imobilizado. “No mesmo instante ele começou a engolir água. Ele estava se afogando e os amigos achavam que era uma brincadeira”. O acidente foi na madrugada do dia 29 de outubro deste ano.

“Me ligaram no dia falando do acidente e ele já estava todo imobilizado na UPA me dizendo que não sentia a pernas”, disse a mãe.

Kaynan foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e depois foi transferido em estado grave para o Hospital Regional de Palmas (HGP), onde ficou na sala de emergências por dois dias. Como ele precisava fazer uma cirurgia com urgência, não podia esperar na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) e fez o procedimento em uma clínica particular nesse domingo (5).

O neurocirurgião, Vinicius Bessa Rodrigues, disse que a cirurgia realizada foi a corpectomia dos corpos vertebrais C5 e C6 com artrodese cervical, com a finalidade de dar estabilidade à coluna. Segundo os médicos, ele não vai mais poder andar.

“Ele passou por vários exames e primeiro diagnóstico foi que ele estaria tetraplegico, mas depois passou a mexer os braços e ter sensibilidade. As pernas continuam imóveis”, contou a mãe.

O jovem jogava futebol, futsal e handebol em grupos escolares e chegou a representar o Tocantins em disputas nacionais, fora do estado.

Senzibilizados, os familiares e amigos do jovem se mobilizaram e estão arrecadando dinheiro através de rifas para pagar as despesas do hospital. “Até o momento os gastos com o tratamento já ultrapassaram R$ 20 mil. Isso sem contar no que ainda precisamos gastar. Ele agora precisa de uma cama especial e muitas outras coisas”, disse a mãe do jovem.

Fonte: g1
Comentários
Carregando