Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Ator Robert de Niro perde seu resort de luxo para furacão Irma no Caribe

0

Não apenas ator conhecido internacionalmente, Robert de Niro é dono de um luxuoso complexo de hoteis na ilha de Barbuda. E, no último fim de semana, tornou-se um dos afetados pelo furacão Irma, que deixou um rastro de destruição no Caribe. O Paradise Found Nobu Resort, propriedade do ator, ficou totalmente destruído pelas fortes chuvas e ventos. Agora, ele espera conseguir ajuda das autoridades locais para reconstruir o patrimônio.

“Estamos muito tristes pela devastação provocada pelo furacão Irma em Barbuda. Esperamos poder trabalhar junto com o Conselho de Barbuda e toda a comunidade para recontruir o que a natureza nos tomou”, disse em comunicado.

De acordo com o governo local, 95% das propriedades de Barbuda foram devastadas pelo furacão. A ilha tem 1,5 mil habitantes.

Numa situação semelhante, Pippa Middleton, irmã da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, também teve prejuízos. O seu marido, James Matthews, é dono também de um luxuoso resort na ilha de St. Barth.

HOSPEDADO NO OLHO DO FURACÃO

Já o bilionário britânico Richard Branson, fundador do grupo Virgin, compartilhou imagens da destruição causadas pela passagem do furação Irma em um resort de luxo na privativa Necker Island, uma das Ilhas Virgens Britânicas. O empresário escreveu um relato no site oficial da empresa durante estadia em Porto Rico, território americano no Oceano Atlântico, aonde se dirigiu com o objetivo de mobilizar esforços para a criação de planos de reconstrução das Ilhas Virgens Britânicas e do Caribe.

Bilionário Richard Branson divulgou no site do grupo Virgin imagens da destruição do furacão Irma – Divulgação / Virgin.com

“Depois de compartilhar essas atualizações e conversar com vários governos, agências de ajuda e mídia, iremos direto para as Ilhas Virgens Britânicas para continuar ajudando o esforço de recuperação no terreno”, escreveu no site oficial da empresa neste domingo.

De acordo com Branson, a Cruz Vermelha britânica está contribuindo com suprimentos por meio da Virgin Atlantic. “Meu filho Sam também viajou para Barbados, trazendo suprimentos de emergência para as Ilhas Virgens Britânicas através de um barco”, acrescentou, ressaltando que a fundação Virgin Unite coordena a arrecadação de dinheiro para projetos de reconstrução da localidade.

O furacão atingiu Porto Rico com fortes ventos de categoria 5 (295 km/h) na última quinta-feira. O Irma já deixou ao menos oito mortos pelo Caribe: seis na parte francesa da ilha de Saint Martin, um em Saint Barths e outro em Barbuda, ilha que ficou 90% destruída, segundo as autoridades locais.

Um quarto do resort antes e depois da passagem do furacão – Divulgação / Virgin.com

“Eles (membros da fundação) estarão trabalhando com organizações locais para identificar as necessidades contínuas de indivíduos afetados, famílias e comunidades afetadas por este desastre. Apoiaremos os esforços a médio e longo prazos no terreno e ajudaremos a fornecer suporte à medida que os afetados se recuperem do desastre”, escreveu o empresário, pedindo ajuda dos internautas.

Nesta segunda-feira, o furacão Irma perdeu força e foi rebaixado a tempestade tropical na sua passagem pela Flórida em direção à Georgia. Os ventos fortes arrasaram, porém, grande parte do estado, provocando recordes de chuvas em algumas áreas. Enquanto isso, cerca de 5,7 milhões de pessoas estão sem energia elétrica — ou seja, cerca de 58% dos lares e 30% da população estão sofrendo com os cortes de luz.

Fonte: oglobo.com

 

Comentários
Carregando