Audiência do Balanço Geral no DF cai 50% após demissão de apresentador que fez comentário racista

“Marcão do Povão” chamou a cantora Ludimila de “macaca”

Brasília – A situação na Record DF continua extremamente tensa. Mesmo depois de toda essa confusão envolvendo o ex-apresentador do “Balanço Geral”, Marcão do Povão, a emissora está tendo que lidar com a rejeição do público. Desde que o apresentador foi demitido, o “Balanço Geral” teve uma perda de 48% da sua audiência no período, chegando a 50% em alguns dias.

Segundo informações do colunista Flávio Ricco, mesmo a emissora tirando um apresentador e colocando outro, o público simplesmente não aceitou, entendendo que teoricamente a emissora não deveria demitir Marcão. No final das contas, a direção da emissora acha que vai resolver a situação do canal, trazendo Linhares para a atração, ressaltando que trata-se de um profissional com vasta experiência em notícias policial.

No geral, a emissora ainda deverá travar uma longa batalha judicial com o apresentador Marcão, já que ele não concorda com a sua demissão, por entender que não agiu de forma racista ao associar Ludmilla a uma macaca, já que ele explica que o sentido da palavra foi justamente passar a expressão de que era uma pessoa sem dinheiro, lisa. Segundo ele, na terra dele as pessoas são descritas dessa forma, independente da sua cor.

Entenda o caso

O apresentador falava a respeito de uma notícia sobre Ludmilla supostamente ter combinado com o garçom de um restaurante carioca para que ele mentisse que ela estava gripada para evitar que os fãs se aproximassem para tirar fotos. “É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Mas pobre pobre mesmo”, disse Marcão.

O caso aconteceu no programa do dia 17 de janeiro deste ano. No dia 19 a emissora anunciou a demissão do apresentador

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário