Auditor fiscal teria recebido propina de R$ 40 mil em Vilhena

O auditor fiscal Valdemiro Onofre Junior, lotado na Secretaria de Finanças do Estado de Rondônia (Sefin), foi preso na manhã desta quinta-feira, 23, por policiais civis, em Vilhena.

De acordo com o delegado regional Fábio Campos, a investigação da “Operação Libertas” começou em novembro de 2014, com denúncia na Delegacia Fazendária, no município de Colorado do Oeste.

Na ocasião, o denunciante relatou ao delegado titular, Fernando Oscar Mathias, que estava sendo extorquido pelo acusado, se acaso não pagasse, sua empresa sofreria sanções.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Trabalho conjunto da Polícia Civil, Núcleo de Inteligência da Polícia Militar e Ministério Público, em investigação chegaram a várias empresas em Colorado e Vilhena, onde o suspeito fiscalizava e se encontrasse algo duvidoso, tentava acordos financeiros que chegavam ao montante de até R$ 40 mil por empresa.

Após seis meses de intensa investigação, foi pedida a prisão preventiva de Valdemiro por corrupção e coação a testemunhas, no qual foi deferido pelo magistrado.

Com isso, na manhã desta quinta-feira, foram feitas diligências, no qual foram apreendidos computadores e documentos na casa do auditor fiscal, e na Sefin. Além de CPUs e documentos, foram apreendidas também duas armas de fogo com registros vencidos na residência do acusado.

Ainda, segundo Fábio Campos, uma segunda pessoa está com a prisão preventiva decretada por envolvimento no esquema, e deverá ser preso nas próximas horas. Porém, para não atrapalhar as investigações o nome será mantido em sigilo. Toda a operação foi coordenada pelo delegado Fernando Oscar Mathias, de Colorado do Oeste.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta