Auditorias da FGV em Rondônia sempre acabam no mesmo lugar, na gaveta

In Notas
Notas exclusivas de Painel Político

Empresa teria sido contratada para auditar folha do Estado e agora da capital

Brasília – A Fundação Getúlio Vargas costuma ser bastante citada em Rondônia quando o assunto é auditoria em folha de pagamento.

O Ministério Público do Estado anunciou em 2013 ter contratado a entidade para auditar a folha. Na época descobriram que o Estado pagava salários a 200 servidores que já haviam morrido.

Também foi descoberto que o jogador Pelé e a ex-miss Brasil Martha Rocha recebiam salários do governo de Rondônia.

O resultado desse levantamento? Nenhum. Ninguém foi preso, ninguém respondeu por isso e não se sabe o tamanho do prejuízo, nem quanto a FGV recebeu por esse trabalho.

Mais recentemente, o prefeito eleito Hildon Chaves anunciou que também faria uma auditoria na folha, contratando a FGV. Resta saber se esse levantamento vai ter o mesmo destino do que está nas mãos do MP, o fundo de uma gaveta qualquer…

No caso da folha do Estado, teve gente que saiu milionário com as fraudes…

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Coluna – Ser contra o Uber é ir contra à população de Porto Velho

Espalhe essa informação E ainda, Lúcio Mosquini vai para a China e diz que “resolveu a crise da carne”,

Read More...
Grupo encontra 150 pegadas de dinossauros

Grupo encontra 150 pegadas de dinossauros

Espalhe essa informação Descoberta de rastros de 21 espécies de animais na Austrália corresponde ao conjunto mais variado do

Read More...
Reforma trabalhista será apresentada até 12 de abril, diz relator

Reforma trabalhista será apresentada até 12 de abril, diz relator

Espalhe essa informação Segundo deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), o texto recebeu 841 sugestões de emendas, abordando diversos temas. O

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu