Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Aumento do IMC representa riscos para a saúde mesmo para pessoas de peso normal

0

Todos sabem que a obesidade e o sobrepeso estão ligados a um aumento no risco de doença cardiovascular e outros problemas da saúde. Agora, um novo estudo revelou que, até mesmo entre jovens adultos com peso normal, o simples aumento no índice de massa corporal (IMC) já representa mais riscos para a saúde.
Os pesquisadores estudaram 12.664 jovens adultos em busca de 32 variantes genéticas relacionadas com IMCs altos, atribuindo “notas genéticas” a cada participante, dependendo das variantes genéticas apresentadas. Com base em um grupo de indivíduos tão grande, os pesquisadores foram capazes de separar as tendências genéticas ligadas ao ganho de peso de outras variáveis que podem contribuir com o sobrepeso, tais como a dieta, atividade física e situação socioeconômica.
Índices de massa corporal elevados e uma série de indicadores sanguíneos do risco metabólico andavam lado a lado com as notas genéticas, o que sugere que um IMC alto aumenta os fatores de risco cardiovascular, independentemente de outras variáveis.

O estudo, publicado pela revista científica online PLOS Medicine, também acompanhou 1.488 pessoas que tiveram seu perfil metabólico analisado depois de seis anos, revelando que um aumento no IMC leva a uma série de mudanças metabólicas adversas, ao passo que a perda de peso moderada resultava em inúmeras mudanças positivas.

— Nosso estudo com jovens adultos revela que mesmo uma perda de peso modesta gera melhoras no perfil metabólico. A mudança não precisa ser grande para representar um resultado positivo. Até mesmo pessoas com um IMC normal, na casa dos 24 pontos, também se beneficiam da perda de peso — afirmou o principal autor do estudo, Peter Wurtz, diretor de epidemiologia molecular da Universidade de Oulu, na Finlândia.
Fonte: ZHBEMESTAR

Comentários
Carregando