Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.
Justiça determina transferência de Garotinho para prisão de Benfica

Justiça determina transferência de Garotinho para prisão de Benfica

On : --

A Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) determinou que o ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), seja transferido para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, zona norte do Rio, onde está preso o também ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (22/11) depois que Garotinho foi levado para uma cela no quartel do Corpo de Bombeiros, no bairro Humaitá, na zona sul do Rio.

Suspeita de matar empresária durante discussão de trânsito em Macaé (RJ) se entrega à polícia

Suspeita de matar empresária durante discussão de trânsito em Macaé (RJ) se entrega à polícia

On : --

A mulher suspeita de matar a empresária Raquel Mota com um estilete durante uma discussão no trânsito em Macaé, no Norte Fluminense, se apresentou à polícia nesta terça-feira (21). Ela foi levada para o Presídio Feminino Nilza da Silva Santos, em Campos dos Goytacazes, depois de ter a prisão preventiva decretada pela Justiça. O crime aconteceu no sábado (18).

Assassino confesso de jovem que deu carona marcada em WhatsApp estava embriagado e drogado, diz MPMG

Assassino confesso de jovem que deu carona marcada em WhatsApp estava embriagado e drogado, diz MPMG

On : --

O homem que confessou matar e roubar durante uma caronamarcada por WhatsApp a radiologista Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, cometeu os crimes após ingerir cocaína e bebida alcoólica, disse nesta terça-feira (21), durante entrevista coletiva em Frutal (MG), o promotor Fabrício Costa Lopo.

TCU arquiva investigação interna sobre ministros do próprio tribunal

TCU arquiva investigação interna sobre ministros do próprio tribunal

On : --

Alegando ausência de provas, o Tribunal de Contas da União (TCU) arquivou um processo administrativo aberto em 2015 para investigar suspeitas de tráfico de influência e acesso a informação privilegiada dentro da própria corte. Os alvos eram o presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, e o também ministro Aroldo Cedraz, e o advogado Tiago Cedraz, filho deste.