Avião com 500kg cocaína interceptado pela FAB decolou de fazenda de ministro da Agricultura, diz blog

Jornalista cuiabano revelou que a aeronave estava na fazenda de Blairo Maggi, senador licenciado e ministro da Agricultura

O jornalista cuiabano Alexandre Aprá, editor do blog “Isso é Notícia”, revelou que o avião bimotor com cerca de 500 quilos de cocaína, interceptado no domingo, 25, no interior de Goiás, por um avião A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) teria decolado da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT) com destino a Santo Antonio Leverger (MT).

A fazenda está arrendada ao Grupo Amaggi, de propriedade do senador licenciado e ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP). Na região, são 200,4 mil hectares em 19 fazendas próprias da Amaggi e 51,9 mil hectares arrendados do Grupo Itamarati, do empresário Olacyr de Moraes, em Campo Novo do Parecis.

O piloto da FAB comandou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Aragarças (GO). Inicialmente, a aeronave interceptada seguiu as instruções da defesa aérea, mas ao invés de pousar no aeródromo indicado, arremeteu. O piloto da FAB novamente comandou a mudança de rota e solicitou o pouso, porém o avião não respondeu, sendo classificado como hostil.

O A-29 da FAB executou um tiro de aviso para forçar o piloto da aeronave interceptada a cumprir as determinações da Defesa Aérea, e voltou a comandar o pouso obrigatório. O bimotor novamente não respondeu e pousou na zona rural do município de Jussara, interior de Goiás. Um helicóptero da Polícia Militar de Goiás foi acionado e fez buscas no local.

O avião será removido para o quartel da Polícia Militar de Goiás em Jussara. A droga apreendida será encaminhada para a Polícia Federal em Goiânia.

A assessoria de comunicação da Amaggi foi procurada pelo blog e afirmou que está levantando as informações sobre o caso e que irá publicar uma nota à imprensa.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário