fbpx
Baderneiros contra o impeachment fecham vias em 8 estados no DF

Terminais de transportes públicos também foram bloqueados. Atos fazem parte de dia nacional de paralisação a favor de Dilma Rousseff

Protestos contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) fecham rodovias, avenidas e terminais de transportes públicos em oito estados e no Distrito Federal na manhã desta terça-feira (10). A votação do seguimento do processo contra a presidente no Senado está prevista para ocorrer na quarta-feira (11).

Além do Distrito Federal, os atos ocorrem nos seguintes estados: Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Bahia
Os protestos atingem três pontos da avenida Suburbana, em Salvador, nas rodovidas estaduais enas federais. Próximo à cidade de Candeias, na BA-523, há bloqueio na via com queima de objetos. Também há protesto na Avenida Henry Ford, que liga a BA-535, a Via Parafuso ao Polo Petroquímico, em Camaçari; na BA-093, também em Camaçari; e na BA 528, em Vista Alegre, em Salvador

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do km 592 da BR-324, um grupo de manifestantes colocou objetos incendiados na pista para impedir a passagem de veículos, no sentido Feira de Santana. Segundo informações da PRF, o grupo deixou o local após dar início ao fogo. Na altura do km 527, um protesto bloqueia parte da via no sentido Salvador. A situação também deixa o trânsito lento no local.

Distrito Federal
Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) fecharam trechos das BRs 020 e 070. Na BR-020, o ato ocorre no DVO, dentro da região administrativa de Planaltina. Faixas foram usadas pelos manifestantes com mensagens em alusão à “jornada de lutas pela democracia”. Na BR-070, o protesto acontece depois do posto da Polícia Rodoviária Federal e perto da divisa com Goiás. A interdição ocorreu em ambos os lados da via. A fumaça prejudicou a visibilidade.

Espírito Santo
Cerca de 30 manifestantes interditaram parcialmente a rodovia BR-262, em Viana, desde as 4h30. Até as 6h50, a pista continuava interditada. No Centro de Vitória, o grupo de manifestantes fechou a avenida em frente ao Palácio Anchieta e colocou fogo em pneus. O trânsito foi interditado nas avenidas Jerônimo Monteiro e Getúlio Vargas. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou que a manifestação é da Central Única de Trabalhadores (CUT) e que a Polícia Militar acompanha os protestos. Os atos seguem pacíficos.

Paraíba
Manifestantes fecharam a garagem de uma das empresas de ônibus de transporte público no bairro do José Américo, em João Pessoa, bloquearam um trecho da BR-230, nos dois sentidos da rodovia federal, que liga a capital paraibana ao interior do estado, e interditaram as linhas de trens nas estações da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em João Pessoa e em Santa Rita. A via Acesso Oeste, em João Pessoa, também foi bloqueada.

Pernambuco
O MST realiza protesto na BR-101 Sul, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife. Os manifestantes queimaram pneus e o trânsito está parado nos dois sentidos da rodovia, nas imediações da Fábrica Vitarella.O Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE) decidiu paralisar as atividades e prevê uma passeata a partir das 16h desta terça, no Recife.

Rio de Janeiro
A Rodovia Rio-Santos foi totalmente fechada às 6h30 desta terça-feira (10) na altura de Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio. O grupo ateou fogo em pneus. De acordo com a PRF, cerca de 30 pessoas estavam presentes no local.

Rio Grande do Norte
A terça-feira (10) amanheceu sem ônibus em Natal. Motoristas e cobradores aderiram à paralisação nacional convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTT) e não saíram das garagens. No campus central da UFRN, na Zona Sul da cidade, um grupo de manifestantes ateou fogo em pneus. As chamas obstruíram o tráfego de veículos e impediram a entrada na instituição às margens da BR-101. As aulas ocorrem normalmente, apesar do baixo número de alunos em razão da falta de ônibus.

Rio Grande do Sul
Há bloqueio ocorre na altura do km 259 da BR-116, em Sapucaia do Sul,  com sete quilômetros de congestionamento em direção à capital. O tráfego foi bloqueado também na altura do km 432 da BR-386, onde foi ateado fogo em pneus. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) manifestantes bloquearam ainda a BR -116 em Caxias do Sul, na Serra gaúcha. Conforme a polícia, o bloqueio ocorre próximo do bairro São Ciro, em ambos os sentidos, e tem a participação de aproximadamente 60 pessoas. Por volta das 7h, a PRF de São Borja, na Fonteira Oeste, informou ainda bloqueio na BR-285, mas sem detalhar exatamente o local.

São Paulo
As manifestações fecharam a pista expressa Marginal Pinheiros no sentido Rodovia Castello Branco, perto da Ponte João Dias, a a Rodovia Helio Schmidt, na altura do km 2, pista que vai da Rodovia Dutra para o Aeroporto de Internacional de Guarulhos, e as duas pistas da Avenida 23 de maio, no Centro, perto do Terminal Bandeira, onde um grupo ateou fogo a pneus e bloqueou totalmente o tráfego.

Com informações do G1

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta