Bancada do PT no Senado pede que CNJ investigue Sérgio Moro

Pensada na semana passada, após a divulgação dos grampos de Lula, a medida ganhou força após críticas públicas que Moro recebeu da imprensa internacional

O PT vai declarar oficialmente guerra a Sérgio Moro (foto). Logo mais, os senadores do PT e de outros partidos aliados vão ao CNJ registrar uma reclamação disciplinar contra Sérgio Moro.

Pensada na semana passada, após a divulgação dos grampos de Lula, a medida ganhou força após críticas públicas que Moro recebeu da imprensa internacional, de alguns juristas e do próprio Teori Zavascki, que, dirigindo-se indiretamente a ele, disse que um juiz deve resolver conflitos e não criá-los.

Será a sétima representação contra Moro no CNJ. As informações são de Lauro Jardim/O Globo

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário