Bancada federal se cala diante da Operação Platéias

Nem deputados federais nem senadores se pronunciaram sobre mandados contra governador e assessores

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Porto Velho – Parece que não aconteceu absolutamente nada. É dessa forma que vem agindo a bancada federal de Rondônia em Brasília. Nem deputados federais, nem senadores se pronunciaram sobre a Operação Platéias, que botou na cadeia o cunhado do governador Confúcio Moura e quase prendeu o mesmo, além de expedir 193 mandados de busca, apreensões e mandados coercitivos, mais até que a Operação Lava-Jato.

O jornal Diário da Amazônia, de propriedade do senador Acir Gurgacz, aliado de primeira hora de Confúcio Moura, estampou em sua manchete do fim de semana matéria produzida pelo Decom do governo, mostrando uma medida fantasiosa que “atende os desabrigados pela cheia”. Vale lembrar que dezenas de famílias continuam acampadas em condições precárias no Parque dos Tanques e estamos prestes a ter outra enchente.

Raupp: com a cabeça no Paraná
Raupp: com a cabeça no Paraná

Já o senador Valdir Raupp, presidente nacional do PMDB, anda com a cabeça na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, preocupado com o depoimento do lobista Fernando Baiano, no escândalo da Petrobrás. Raupp também não comentou, ao menos publicamente, a Operação Platéias.

Odacir Soares, que atualmente ocupa o cargo de senador na vaga de Ivo Cassol, também fechou-se em copas, e também não comenta a ação do Ministério Público e Polícia Federal.

Os deputados federais também estão na mesma condição, silêncio total, tanto os atuais quanto os eleitos agora em outubro. A idéia deve ser, se não falamos, então não aconteceu nada.

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta