Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Banco do Brasil planeja injetar R$ 3,5 bilhões no agronegócio em Rondônia neste ano

0

Presidente da Assembleia se reuniu com diretores da instituição, que apresentaram números

A força do setor produtivo de Rondônia, responsável por manter a economia do Estado em crescimento, foi mais uma vez destacada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), durante reunião nesta segunda-feira (16), com o superintendente de Negócios e de Governo, Felipe Zanella, e com o gerente de Relacionamento, Ronnie Leal Gomes.

O Banco do Brasil tem uma carta de investimentos para 2017 em Rondônia de R$ 6,5 bilhões. Desse valor, R$ 3,5 bilhões são destinados ao agronegócio e toda a sua cadeia, desde segmentos como a criação de gado e a piscicultura, até o cultivo de café e outras culturas.

“Esse número mostra o quanto nosso setor produtivo é forte e consolidado. Estamos vendo nossos produtores motivados, apostando na produção e trabalhando cada vez mais, para que Rondônia continue crescendo. É ainda justo observarmos que a estabilidade política, a harmonia entre os poderes e instituições, tem colaborado para um ambiente econômico favorável”, observou Maurão.

Zanella informou que os valores destinados ao agronegócio crescem a cada ano, bem acima da média regional e nacional. “É um fato que o setor produtivo é a mola mestra da economia de Rondônia e o Banco do Brasil tem contribuído com investimentos que alavancam o crescimento do Estado”, completou.

O deputado disse que com a regularização fundiária das propriedades, o volume de investimentos seria, ainda, maior. “Muitos não conseguem ter acesso ao crédito, por falta de documentação nas propriedades. Por isso, a regularização fundiária é essencial para que cresçamos ainda mais”, finalizou Maurão.

Comentários
Carregando