Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Banda queima bíblia em show e reitor proíbe eventos na UFAC

0

O reitor da Ufac, Minoru Kimpara, proibiu a realização de saraus dentro do campus de Rio Branco. O que motivou a conduta da reitoria foi a realização de um evento musical em que o vocalista da banda Violação Anal, Roberto Oliveira da Silva, queimou um exemplar da Bíblia no palco.

O show integrou uma série de eventos do 4º Encontro Nacional de Ateus, que tem acontecido com exclusividade na Universidade Federal do Acre. A performance foi anunciada com antecedência ao organizador do evento, Felipe Zanon.

“O Roberto me avisou que iria fazer uma performance e disse que iria queimar uma Bíblia”, relata Zanon. “O argumento foi o de que o gesto simbolizaria o fato de a Bíblia ter sido usada, ao longo da História, para matar milhares de pessoas”.

O site agazeta.net tentou contato por telefone com o estudante de Filosofia Roberto Oliveira da Silva, mas não conseguiu falar com ele. A performance foi intitulada “fogueira santa”.

“Eu sou ateu, mas não concordo com o gesto”, critica o estudante da Ufac, Wesley Diógenes, que já ensaia uma mobilização contra a decisão da reitoria, caso Kimpara mantenha a proibição de eventos culturais no campus.

“A comunidade universitária não pode ser punida pela postura de um pequeno grupo”, bronqueia Diógenes. “Nós repudiamos a atitude. Pregamos a tolerância, o respeito”.

Comentários
Carregando