Base de celulares no Brasil perde 13 milhões de linhas em 2016

Vivo foi a única das quatro grandes operadoras do país a registrar crescimento de base no ano passado.

O Brasil encerrou 2016 com perda de 13 milhões de linhas de telefonia móvel, havendo recuo de dois dígitos na base da operadora em recuperação judicial Oi, e quedas menos intensas no conjunto de acessos das rivais Claro e TIM

Segundo dados informados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta quinta-feira, a base de telefonia móvel do Brasil encerrou 2016 com 244.066.759 acessos em operação.

A Vivo foi a única das quatro grandes operadoras do país a registrar crescimento de base no ano passado, da ordem de 0,7 por cento, para 73.777.893.

Fonte: exame.com

News Reporter

Deixe uma resposta