Bêbada e desacordada, jovem de 26 anos é vítima de estupro coletivo

Polícia investiga o quinto caso de estupro coletivo em pouco mais de um ano; caso aconteceu no Piauí

A Polícia Civil do Piauí prendeu neste sábado (27), três homens suspeitos de participarem de um estupro coletivo contra uma jovem de 26 anos na cidade de Oeiras, a 313 km de Teresina, Sul do Piauí. Entre os suspeitos está um adolescente. É o quinto caso registrado no estado em pouco mais de um ano.

Conforme o delegado Antônio Nilton, titular da Delegacia de Oeiras, que conduz as investigações, a jovem estava em uma festa com outros rapazes e chegou a ser carregada bêbada e desacordada para sua casa, onde os abusos aconteceram.

“Os três suspeitos se ofereceram para levar a garota para a residência dela. Ela estava em um coma alcoólico e se valeram do fato de estar inconsciente para praticarem o crime”, disse.

Segundo o delegado, outras pessoas que chegaram a presenciar os suspeitos saírem da festa com a garota já prestaram depoimento na delegacia. Conforme a Polícia Civil, as agressões deixaram a jovem bastante machucada. Ainda neste sábado, ela esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Teresina para realizar exames de corpo de delito.

“Após os atos, os suspeitos foram embora e deixaram a jovem desacordada. Ela foi encontrada por vizinhos sobre a cama toda despida e machucada”, disse o delegado.

Conforme o G1, em junho deste ano, na cidade de Sigefredo Pacheco, Norte do estado, o quarto caso de estupro coletivo veio à tona depois que um vídeo e fotos começaram a circular pelas redes sociais. As imagens, segundo a polícia, mostravam quatro rapazes e pelo menos dois deles tocavam a vagina da vítima que estava desacordada e não esboçava nenhuma reação. O crime foi praticado dentro de um carro.

Uma semana antes, outro estupro coletivo foi registrado na cidade de Pajeú do Piauí. Uma menina de 14 anos foi violentada sexualmente por quatro rapazes, sendo três adolescentes e um maior de idade. A mãe da vítima chegou a flagrar o estupro que ocorreu no banheiro de um ginásio poliesportivo.

Em maio, uma garota de 17 anos foi encontrada desacordada e amarrada com uma de suas peças de roupa na cidade de Bom Jesus, Sul do estado. Quatro adolescentes e um jovem de 18 anos foram alvos das investigações sob a suspeita de terem estuprado a moça.

Em maio do ano passado, o caso mais grave, deixou uma de quatro adolescentes morta. Com idades entre 15 e 17 anos, as jovens foram brutalmente agredidas, estupradas e arremessadas do alto de um penhasco na cidade de Castelo do Piauí. Quatro menores cumprem medida socioeducativa no Centro Educacional Masculino (CEM) e o maior de idade, apontado como mentor do crime, está preso na Penitenciária Provisória de Altos.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta