Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Bolsonaro manda prender militantes do PSOL que o chamaram de “homofóbico”; veja

0

O deputado se ofendeu e chamou os policiais na noite desta segunda-feira (1º) na Câmara dos Deputados

Jair Bolsonaro se ofendeu quando duas mulheres o chamaram de homofóbico na noite desta segunda-feira (1º) na Câmara dos Deputados. Após o episódio o deputado federal chamou policiais para encaminhar as mulheres até Polícia Legislativa onde registrou queixa.

Durante o caminho até o local, seu filho e também deputado Eduardo Bolsonaro registrou o momento em vídeo e compartilhou nas redes sociais.

Uma das mulheres faz um telefonema para pedir ajuda dos políticos e militantes do PSOL.

De acordo com a publicação de Eduardo, Jair foi  chamado de “racista”, “homofóbico” e “seu merda”.Confira!

Comentários
Carregando