fbpx
Brad Pitt é condenado a pagar meio milhão de euros por fazer empresa falir

Brad Pitt foi condenado a pagar uma indenização no valor de meio milhão de euros à artista plástica francesa Odile Soudant por causa de um pagamento que ele não fez e que provocou a quebra da empresa dela, uma decisão judicial de 19 de abril foi revelada nesta quinta-feira (17) pelo jornal Libération.

Em 2008, o ator comprou o Chateau Miraval, na Provença, no sudeste da França, com Angeline Jolie, com quem foi casado. Na época, o imóvel foi avaliado em 60 milhões de dólares. A residência possui 35 cômodos, diversos jardins e até um lago privativo.

Os trabalhos de reforma aconteceram sem problemas por três anos até que o ator se interessou pelos altos gastos e pelos recorrentes atrasos. De acordo com o jornal, a empresa de Luxemburgo culpou Odile e então que o ator deu ordens para suspender os pagamentos à empresa da francesa, cuja faturamento dependia em quase 70% das obras na mansão.

Após três anos de batalha legal, a Justiça francesa deu razão à artista plástica ao afirmar que os atrasos não eram atribuíveis somente a ela.

O ex-casal está separado desde setembro de 2016 e o processo de divórcio dos dois ainda vem sendo elaborado por seus advogados.

Fonte: r7.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta