Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Brasil avança em ranking de países emergentes, mas segue entre os mais frágeis

0

O Brasil melhorou sua posição no ranking do Bank of America Merrill Lynch (BoFA), que leva em conta indicadores econômicos e de estabilidade financeira, mas ainda segue como um dos “três frágeis”, junto com África do Sul e Turquia.
Publicidade

Em comparação com o último levantamento, feito há seis meses, o Brasil conseguiu superar a África do Sul e a Turquia desde o último levantamento, feito há seis meses. Para David Hauner, estrategista do banco para países emergentes, a economia brasileira alcançou forte melhora das contas externas e das reservas internacionais, que garantem um colchão importante de proteção.

Considerando o ranking dos dez principais emergentes, a China perdeu a liderança pela primeira vez desde a criação do ranking, em 2009. O novo líder do bloco é a Coreia do Sul, que ganhou destaque pela sua sólida situação fiscal e pelo avanço das contas externas. O Brasil saiu da última posição e agora está em oitavo. A Turquia está em nono e a África do Sul na lanterna. Da América Latina, o destaque é o México, na sexta colocação.
O BoFA também divulgou um ranking ampliado de emergentes, que inclui outros mercados menores. Neste caso, o país com melhores indicadores é Filipinas, seguido de Taiwan e Israel. A Venezuela é a última colocada. Neste levantamento, o Brasil ocupa a 12ª posição. O Peru é o país da América Latina com melhor resultado, ocupando a quinta colocação.

O Brasil deve ter o segundo pior desempenho do PIB este ano entre os emergentes monitorados pelo BoFA, com retração prevista de 3,5%, menor apenas que o da Venezuela (-7%). Para elaborar o ranking, o BoFa avalia 70 indicadores econômicos, incluindo crescimento do PIB, inflação, estabilidade financeira e dados do setor bancário. Ao todo, são avaliados 4 mil indicadores para 56 mercados.

Fonte: Economia – iG

Comentários
Carregando