Brasil sofre convulsão política com banda podre

O que está por vir será muito pior que a conversa de Romero Jucá com Sérgio Machado. O ex-diretor da Transpetro gozava da mais alta confiança da cúpula do PMDB e gravou todos eles para não ser preso. Provou ser um rato, mas um roedor necessário, para expor a banda podre da política que todos conhecem de ouvir falar, mas agora dito por suas próprias bocas.

O acordo de delação premiada está na mesa de Teori Zavaski, que deve homologar rapidamente. O PT de Dilma e Lula profissionalizou a corrupção no país, e fez isso na companhia do PMDB, que hoje tenta se distanciar. Não vai funcionar. Todo mundo conhece o PMDB. Agora todos querem conhecer Aécio Neves, afinal Jucá disse que “por lá todos sabem como Aécio funciona”.

O Brasil está navegando em águas turbulentas. Pior é não termos um capitão que dê conta do recado. Temer já mostrou que não aguenta pressão. E quem está perto dele, em sua maioria, é sujo. Quem venham as conversas de Renan e Sarney…. e seja o que Deus quiser.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário